Meu Pedacinho de chão conta com uma excelente equipe de arte
Créditos: Globo.com
Com uma 
excelente equipe de arte, a novela “Meu pedacinho de chão” se destaca
nos seus figurinos arrojados, coloridos e extravagantes vestidos pelos
personagens da trama e no cenário  com
uma explosão de cores e formas nunca vistas por uma telenovela brasileira.
Reescrita (e reduzida) para a versão de 2014, “Meu
Pedacinho de Chão” perdeu muito do seu caráter sócio-educativo e, com a ajuda
do diretor, se tornou uma aventura fabulosa e, mais importante, encantadora.
Além de se tornar 
uma alteração visual que
chama a atenção em vários aspectos e faz-nos pensar que é possível atrair a
atenção do telespectador com valores artísticos que não o enredo em si.É o
jeito de olhar  de uma criança e como se
a mesma  estivesse contando a história,
com a sua inspirada imaginação.
Conta também com um
jeito de falar caipira dos personagens, sendo considerada  distante da realidade das novelas
tradicionais , na estruturação do enredo em volta duma personagem principal carismática e apaixonante, como a
professora Juliana, com seus cabelos cor de rosa, que  atrai a visão dos telespectadores.
Com o novo jeito de
transformar as novelas, a crítica e o público imaginaram que a novela era mais uma história
infantil do que propriamente um enredo para abordar temas mais sérios, assim
uma estratégia para alavancar uma audiência do publico infantil no horário das
seis da tarde na Rede Globo.
Agradando
pessoas  de todas as idades com a
proposta de ambientar a história num mundo distante do real, onde os animais
são de plástico, a vegetação parece de papel e as pessoas andam como bonecos.

Considerada como uma
nova aposta e corajosa para o século XXI na teledramaturgia brasileira, sendo
uma novela totalmente atípica, o público não tem aprovado, assim em baixa
audiência, infelizmente outra novela das seis já está sendo gravada para dar o
lugar a essa a Boogie Woogie, com a atriz ituana, Bianca Bin, no elenco.