Maior bisbilhoteiro da TV está conquistando os fãs com sua língua afiada e afetação. O personagem  Téo (Paulo Betti) vem arrancando risadas dos telespectadores na Novela Império da Rede Globo.
Gay Polêmico de Império conquista brasileiros
Crédito: Site Terra
Considerado um jornalista e blogueiro polêmico, e um homossexual assumido. Interpretando um colunista social, interessado em desvendar os segredos das personalidades da mídia, que faz de tudo para conseguir o “furo” de reportagem mais inesperado, custe o que custar.
Os trejeitos afetados e ataques chiliquentos de Paulo Betti na novela “Império”, com seus jargões jornalísticos, ou seja, palavras usadas na área de jornalismo, convence muito o público de ser um jornalista a anos, de  “dar ordens” como editor chefe da jornalista e fotógrafa Érika  (Letícia Birkheuer).
E mesmo que parte do público brade ou que os homossexuais não se sintam devidamente representados pelo blogueiro da ficção, é bastante pobre o argumento de que difundindo personagens gays com afetações, as pessoas passem a julgar todos os gays desta forma. Quando se fala em diversidade, se fala em diversificação, em características diferentes e pessoais que não podem e não devem servir como método de exclusão dentro de um determinado grupo. A novela busca fazer uma reconstrução da realidade, pois existem gays como Téo, assim como existem os que se parecem com Claudio, com Leonardo, e até os que se assemelham à Robertão ou Xana cuja única característica em comum é sentir atração sexual por homens, dessa forma o autor já se redime por antecipação de quem o acuse de estereotipagem. A atuação de Paulo Betti  não deve ser desmerecida, e sim aplaudida, afinal é um personagem difícil e uma novidade na longa carreira do ator.
Curiosidade: Em todas as novelas urbanas de Aguinaldo Silva existiu pelo menos um personagem homossexual que trouxe à tona essa discussão.
Este persoangem, atualmente, virou até meme nas redes sociais.