O grupo Mamonas Assasinas da década de 90,  foi um estouro por onde passava, principalmente
com a estréia de um álbum que levava o nome do grupo. Um auge histórico, com a
música “Pelados em Santos” e “Sabão Crá, crá”, que misturavam  punk rock com gêneros populares, como briga e
forró.
Musical estréia em São Paulo em Março
Crédito: Reprodução
 Mas que  infelizmente esse sucesso, durou pouco tempo,
com a morte de todos os integrantes do grupo, em um acidente de helicóptero.  Foi um momento comovente e triste para a
família de cada um e ainda mais dos fãs.
Vinte anos se passaram e agora, o “ Musical Mamonas
Assassinas”  chegará ao teatro Raul
Cortez, em São Paulo,  com um jeito
revigorante e relembrar os sucessos desse grupo.
Os escolhidos para integrar o Musical Mamonas Assassinas
Crédito: Blog Visite São Paulo
Para interpretar as componentes foram escolhidos Ruy Brissac
(Dinho), Sérgio Reoli (Arthur Ienzura), Samuel Reoli (Elcio Bonazzi), Júlio
Rasec (Adriano Tunes) e Yudi Tamashiro (Bento Hinoto)  para dar a vida a cada integrante do Mamonas e
viver os velhos tempos.
No roteiro começa com o 
início no céu, com o grupo recebendo do anjo Gabriel, uma  importante tarefa: fazer um musical sobre
eles mesmos. Os Mamonas vão contando como se conheceram,  desde do primeiro grupo deles, que tocava rock
progressivo  e como surgiu o Mamonas
Assassinas, que virou febre.
Agora, Mamonas Assassinas estão mais vivos do que nunca e
promete deixar 2016 um ano marcante na história, não só no teatro mas com a
série  de 05 capítulos, que a Rede Record
irá produzir.