Crédito da imagem: Google
Os amantes da Fórmula 1, foram pegos de surpresa hoje, quando o piloto brasileiro Felipe Massa, anunciou no circuito de Monza na Itália, que se aposentará da Fórmula 1 no final desta temporada, no Grande Prêmio de Abu Dabhi, quando, se disputar as 8 etapas restantes do Campeonato de 2.016, completará a marca de 250 largadas em grandes prêmios. O brasileiro estreou na categoria em 2.002 pela equipe SAUBER e em 2003 foi piloto reserva da FERRARI, retornando as pistas na mesma SAUBER em 2004 e 2005. Em 2.006 assumiu o cockpit da FERRARI no lugar do também piloto brasileiro Rubens Barrichelo. Em 2.008, Felipe foi vice campeão mundial, perdendo para o inglês Lewis Hamilton por apenas 1 ponto. 2008 foi marcado pelo grande escândalo da Fórmula 1, quando no Grande Prêmio de Cingapura, o piloto Nelsinho Piquet, chocou o seu carro contra o muro na 16a. volta, beneficiando o seu companheiro de equipe Fernando Alonso, que acabará de sair dos boxes. Massa que foi pole position e estava liderando a prova, caiu para o último lugar, devido a um problema de abastecimento cometido pela equipe italiana e terminou apenas na décima terceira colocação, não pontuando, enquanto Lewis Hamilton chegou em terceiro na mesma prova. Mesmo assim, Felipe chegou ao Grande Prêmio do Brasil daquele ano, precisando ganhar a prova e o inglês chegando até o sexto lugar, porém, mesmo fazendo a sua parte e ganhando a corrida, o brasileiro foi campeão por alguns minutos, pois na última curva o inglês ultrapassou Timo Glock e chegou em quinto lugar, sagrando-se campeão mundial. Este seria a última vitória do brasileiro na Fórmula 1. Em 2.009 Massa teve o mais grave momento da carreira, quando uma mola do carro de Rubens Barrichelo se soltou e acertou o capacete de Felipe, o que o impediu de correr o restante da temporada. Em 2.013 Massa se despediu da FERRARI e foi contratado pela WILLIANS, onde ajudou no projeto de recuperação da equipe de Grouve, que terminou os campeonatos de 2014 e 2015 na terceira posição, condição que há muito a equipe inglesa não conseguia conquistar.Em 2.016, porém a equipe não esta conseguindo ser tão competitiva e os pilotos Massa e Bottas, brigam para conseguir manter a equipe entre a quarta e quinta força, disputando com Force India e Toro Rosso. O Brasil que desde 1970, na estréia de Emerson Fittipaldi, sempre teve pelo menos um piloto no grid de largada, corre o risco de ficar de fora da Fórmula 1 com a saída de Massa, já que o piloto brasileiro Felipe Nars, pode ficar de fora em 2.017, já que seu contrato com a equipe SAUBER e de patrocínio do Banco do Brasil, encerra-se no final deste ano.